Uncategorized

John Kerry chefe diplomático Americano chama a América Latina de Quintal dos EUA.

Traduzido por Falandoverdades do site  Telesur.

image_preview

John Kerry disse que a América Latina é quintal dos EUA no Congresso Americano.

O secretário de Estado Norte Americano,John Kerry, qualificou  nesta quinta feira a América Latina como “Quintal dos Estados Unidos”  e não como uma região vizinha soberana e independente em que abrigam diferentes nacionalidades,com diferentes idéias,tendências sociais,econômicas e culturais.

Em um discurso feito perante o Comitê de Assuntos Exteriores da Camara de Representantes,Kerry tentou sublinhar a importância que tem que envolver uma “maior aproximação com a América Latina” pois ela seria o “quintal dos EUA”.

Diante disso adiantou que tem planos em um futuro próximo de viajar ao Brasil  e a Colômbia,assim como confirmou a visita de Obama ao México e a Costa Rica no mês de maio.

“América Latina é nosso quintal(…) temos que nos aproximar deles de maneira vigorosa” disse o chefe da diplomacia estadunidense ,exortando a administração de Obama a fazer um esforço especial de ‘aproximação” com os países latino americanos.

“Faremos o nosso melhor possível  para tentar mudar a atitude de um número de nações, onde, obviamente, tivemos  uma espécie de ruptura nos últimos anos.” enfatizou.

Com suas declarações, Kerry revive a Doutrina Monroe que desde 1823 serviu de guia para as relações dos EUA com a América Latina.Sua visão é impor  a vontade e influência politica e econômica aos seus vizinhos do sul,eliminando qualquer indicio de resistência.

A Doutrina Monroe estabelece que se um país latino americano ameaça  ou põe perigo aos “direitos” ou propriedades  de cidadãos ou empresas norte americanas,então Washington se torna obrigada a intervir nos assuntos desse país para “reordenar”  e restabelecer os direitos e o patrimônio de seus cidadãos e suas empresas.

Eleições na Venezuela

Na audiência, Kerry foi interrogado sobre a eleição na Venezuela e respondeu :

“Tem que haver recontagem de votos”.

Estados Unidos ainda não reconhece Nicolás Maduro como presidente eleito da Venezuela,porque segundo os mesmos e sem possuir provas para tal afirmam ”  persitem duvidas sobre a legitimidade da eleição” e considera que “houve irregularidades”.

Kerry vai contra   á posição assumida por organismos regionais que reconheceram a legitimidade da eleição de Nicolás Maduro,a transparencia do processo eleitoral venezuelano.Entre os orgãos estão a OEA (Organização dos Estados Americanos) UNASUL (União das Nações Sul Americanas) Mercosul (Mercado Comum do Sul),entre outros.

Kerry também disse que não mandará uma delegação para representar os EUA ma posse de Nicólas Maduro, 15 países já confirmaram presença na posse : Argentina, Bolivia, Nicaragua, Uruguai, San Vicente y las Granadinas, Dominica, Equador, Haití, República Dominicana, Honduras, Irã, Arabia Saudita, Qatar, China e  Palestina.

Anúncios
Padrão

15 comentários sobre “John Kerry chefe diplomático Americano chama a América Latina de Quintal dos EUA.

  1. Neto disse:

    A direita brasileira deixou de ser nacionalista já na década de 50.
    A social democracia fundada na década 80 no Brasil já nasceu contaminada por agentes a serviço do estrangeiro.

    A esquerda é ainda, a única que defende os interesses nacionais contra o abuso dos países exploradores.

    • De fato a dita direita nacional esta bem vendida aos interesses particulares, que são mais rentáveis com alianças ao império. Mas estou descrente na esquerda por uma série de fatores…
      O cabo de força anda meio confuso e tem camisas demais mescladas de todos os lados…

  2. Pingback: Matéria Incógnita – Inovação e Criatividade » Cebrapaz repudia fala de secretário de estado John Kerry

  3. marcos disse:

    é importante saber que todo debate de soberania nacional passa pela legitimindade de quem o faz,
    muitos se colocam como porta-vozes da nação mas compactuam com o esfacelamento da nossa cultura e nossas riquezas.Quando um cidadão representante de um das maiores oligaquias do mundo trata de forma desrespeitosa a parte latina da mesma América,nada mais é do que o sintoma da colonização já enraizada na parte sul do continente e, representadas pelas elites dominantes, que como num balcão de negócios, vende nosso País para os yankees.
    Independete de quem faz o debate, a defesa da soberania Nacional tem quer ser feita e levada em conta a conduta e legitimidade de seus paladinos em defesa do nosso Brasil.

  4. aristóteles silveira souza disse:

    OS IMPÉRIOS PASSAM ,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,, ROMA CAIU…………….. O LEÃO CAIU……. A ÁGUIA CAIRÁ TAMBÉM…………………………..

  5. jorge gabriel barros almeida disse:

    Infelizmente, essa invasao ja vem se dando a muito tempo, sutil e sorrateira, só nao se da conta quem nao quer ou que é muito pouco ilustrado. Os americanos nao sao e nunca foram nossos amigos.

  6. Pingback: John Kerry chefe diplomático Americano chama a América Latina de Quintal dos EUA | SCOMBROS

  7. Pingback: DIRCEU PODE SE LIVRAR DE PENA EM REGIME FECHADO | SCOMBROS

  8. Junior disse:

    O crescimento chinês é a única solução para acabar com a festinha dos Estados Unidos, é a minha maior esperança geopolítica!

  9. Junior disse:

    Não se preocupem, a América latina nunca foi quintal daquele império sangrento, mas os Estados Unidos logo logo será o banheiro da China

    • kkkkkkkkkkkkkk Deus te ouça. Até pouco tempo atrás eu não torcia pelo crescimentoe da china, por ser uma cultura muiito diferente da nossa, mas diante desta declaração gringo medíocre, agora que venham os pandas rsrsrs.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s